Coração, Religião, “Guru”

Play video


srichinmoyjharnakala2Por Bhumika Barros

Muitos hoje em dia procuram a meditação. A mídia tem propagandeado consideravelmente o tema, como algo que traz equilíbrio, bem estar, saúde física, mental e emocional, tudo isso tão almejado por todos, não é mesmo?
Mas acreditem! Isso é apenas a ponta do iceberg que a meditação pode nos trazer. Para conseguir isso, basta comprar um bom livro sobre o assunto e praticar os exercícios propostos.
O que a mídia ainda não fala, é que a meditação, quando praticada dentro de um estilo de vida, pode levar você ao mais profundo e vasto conhecimento de si, ao verdadeiro Yoga (que significa “união com Deus”), e para isso, um Mestre Espiritual toma um papel fundamental, uma vez que já viveu plenamente tal experiência.
A vida com um Mestre (que a propósito, não precisa estar aqui no corpo físico) é ativa, plena de ensinamentos e tarefas, que por mais simples que sejam, se tornam espirituais. A meditação é um aspecto de seus ensinamentos. O resto da vida é composto por interesses internos e externos, que dão muito mais sentido à vida. Até porque aprendemos que nossa grande riqueza aqui consiste na busca diária desse Yoga (união com Deus, lembra?). Todas as experiências se tornam úteis, nada é desperdiçado. Tudo é uma grande oportunidade para avançarmos na nossa busca. E os métodos e disciplinas para nos mantermos conectados com ela, só um Mestre Espiritual pode dar.
Portanto, busque o grande iceberg da meditação! Não se contente com pouco…